20 outubro 2014

El helicóptero con cocaína que mancha a Aecio Neves, posible presidente de Brasil

El helicóptero con cocaína que mancha a Aecio Neves, posible presidente de Brasil

Parece un rumor urbano, pero en realidad es un caso opacado por los grandes medios y del cual aún no se conocen explicaciones de fondo.


AFP
A finales del año 2013, la Policía Federal del estado de Espíritu Santo incautó un helicóptero con 450 kilos de cocaína. La noticia, a secas, fue otro golpe más contra el narcotráfico, pero se tornó en una cuestión política cuando se supo que el vehículo detenido pertenecía a la empresa Agropecuaria Limeira, propiedad de una reconocida familia cercana a Aecio Neves.
Deje aquí su comentario
Según informó Uol, el dueño del helicóptero es el diputado Gustavo Perella, quien es hijo del senador y expresidente del equipo de fútbol Cruzerio, Zezé Perella. Ambos son importantes caudillos del estado de Minas Gerais y además son aliados políticos de Neves, exgobernador de la misma región.
En su momento, los Perella aseguraron que un piloto de la empresa utilizó con otros tres cómplices el vehículo sin autorización y con fines ilegales. Los detenidos salieron de la cárcel hace algunos meses.


Zezé Perella y Aecio Neves / pragmatismopolitico.com.br
"La prensa trata con inexplicable discreción lo que podría ser el mayor escándalo de las últimas décadas", escribió el periodista Miguel do Rosário en un artículo publicado en el portal Tijolaço.
Rosário critica especialmente a Globo, el gigante monopolio de medios de Brasil, por informar sobre este caso sin ninguna alusión a las implicaciones políticas.
Deje aquí su comentario
El periodista señala que el helicóptero con la media tonelada de cocaína es sólo una parte del embrollo, pues menciona una investigación del Ministerio Público de Minas Gerais sobre una posible adjudicación irregular de contratos, sin licitación previa, a la empresa Agropecuaria Limeira durante el gobierno de Neves en dicho estado.
Como si fuera poco, dentro de estos contratos se encontraría la compra de la hacienda Guará, donde fue incautado el helicóptero.


http://noticias.uol.com.br/

A

Aécio mente, e até O Globo desmente #QueroDilmaTreze


No debate realizado neste domingo, 19 de outubro, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, falou sobre obras em hidrovias afirmou que:

"As hidrovias anunciadas estão todas elas no papel"

AÉCIO MENTIU

Em um total de 57 empreendimentos entraram no programa federal. Desse total, 16 aparecem como "concluídas" e oito como "em obras". Entre elas, está a hidrovia Tietê- SP.

AÉCIO MENTIU, DE NOVO


Dilma falou a verdade
DILMA FALOU A VERDADE
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

Sindicatos se mobilizam em defesa de empresas públicas

Aécio, não mate os números por votos.


Autor: Fernando Brito
mapa

Não é preciso argumentar.
Basta acessar a página do Mapa da Violência, consultar a tabela da página 24 e ver como Aécio Neves é um mistificador.
Aécio foi muito pior, neste campo, que Sérgio Cabral e Geraldo Alckmin.
Agora faz demagogia com as “mães que estão chorando”.
Candidato Aécio, não se faz demagogia com vidas humanas.
Não se oculta cadáveres para ganhar votos.

CHARGE DO BESSINHA

Melo: "Aécio perdeu a batalha da verdade"

:
Colunista Ricardo Melo critica a "insistência" do presidenciável tucano Aécio Neves em chamar de "mentiras fatos incontestáveis", o que, segundo ele derrete sua própria credibilidade; cita o caso do aeroporto de Claudio, em MG, os gastos do governo do Estado com publicidade em suas rádios e o "drible no bafômetro": "Balela a história de que trazer a público tudo isso é baixaria etc, etc. Isso é falta de argumento de quem não tem resposta"
247 – Para o colunista Ricardo Melo, a tentativa de Aécio Neves de chamar de "mentiras" fatos incontestáveis derrete sua própria credibilidade.
Ele cita o caso do aeroporto de Claudio, em MG - construído em sua gestão em terras de familiares -; os gastos do governo do Estado com publicidade em suas rádios; e o “drible no bafômetro”;
“Balela a história de que trazer a público tudo isso é baixaria etc, etc. Isso é falta de argumento de quem não tem resposta”, diz.
Quanto aos programas de governo de Aécio, atribui a ele “coisas como corte de gastos sociais, esvaziamento de bancos públicos, encolhimento de salários, facão nas empresas, tarifaço, mudança nas leis trabalhistas e por aí vai; As tais medidas impopulares. Para ele, sem isto o Brasil vai piorar. Acredite quem quiser" (leia mais).

19 outubro 2014

TSE proíbe Dilma de falar sobre aeroporto de Aécio construído com dinheiro público para a família


Reproduzir reportagens de grandes jornais como a Folha, como fez a campanha da Dilma, agora é passível de censura do TSE? Preocupante o rumo que está tomando esta eleição. Decisão absolutamente equivocada. ( Comentário de um leitor da Folha)
Na sexta-feira (17), o ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto suspendeu a propaganda eleitoral da coligação Com a Força do Povo  da presidenta Dilma, por a campanha ter  divulgado vídeo sobre o aeroporto particular de Aécio

O texto informava que o candidato Aécio Neves (PSDB) construiu um aeroporto em terreno de sua família e mantinha as chaves "nas mãos de seu tio". A propaganda foi veiculada na quinta-feira (16). Agora, a presidente Dilma foi proibida de falar no aeroporto, construido  com dinheiro público, por Aécio Neves (PSDB), quando foi governador de Minas.O candidato Aécio Neves também requereu direito de resposta, mas o pedido ainda não foi julgado.

De acordo com a defesa de Aécio, a propaganda adversária levava o eleitor a crer que o candidato "estaria fazendo uso de bem público para favorecer sua família". O TSE, precisa também calar a Folha, que digulvou a notícia de que a chave do aeroporto fica na mão de um tio de Aécio
Portão do aeroaecio. A chave fica com o tio
Até o TSE blindando o Aécio.
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

18 outubro 2014

Promotoria denuncia Aécio por desviar mais R$1 bi da Saúde

;Por Agência PT
Ação é relativa à gestão do tucano em 2009, e se junta à que trata de outros R$4,3 bi já denunciados.


O Ministério Público de Minas Gerais acaba de entrar com mais uma ação pública contra Aécio Neves (PSDB) sobre o desvio de verbas para a Saúde. Desta vez, o montante questionado chega a R$ 1 bilhão em 2009. O valor pode ser somado aos R$ 4,3 bilhões já questionados em processos anteriores.
Foi apurado pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) que, também em 2009, o percentual constitucional de 12% do Orçamento para a Saúde, não foi obedecido. A irregularidade é observada desde que a Emenda Constitucional 29, que garante a obrigatoriedade do repasse, entrou em vigor em 2004.
Dos mais de R$ 3,3 bilhões destinados para a Saúde, em 2009, R$1,017 bilhão foi repassado para a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Apenas R$2,35 bilhões foram aplicados, de fato, na saúde pública do estado.

Segundo o processo, desde 2004, o TCE recomenda que o governo estadual diminua o repasse a saneamento básico, pois não configura investimento direto na Saúde. Uma vez que o setor não cumpre o princípio de gratuidade e nem universalidade, a empresa deve investir os recursos próprios, obtidos com o pagamento das tarifas de água e esgoto.

Por Alessandra Fonseca, da Agência PT de Notícias

UOL também  informa

Servidores acusam Aécio de abandonar Saúde de MG

17 outubro 2014

Dilma na TV: um novo Brasil, uma nova Classe C!

Lula: Aécio foi "ignorante com uma mulher"

Irmã de Aécio foi "voluntária" para comandar verbas de MG para Marcos Valério e outros.

Aécio Neves disse no debate do SBT que sua irmã, a jornalista Andrea Neves da Cunha,, serviu seu governo como voluntária, sem remuneração, por isso não se trataria de nepotismo. Não explicou outros 8 parentes, mas vamos concentrar na irmã nesta nota.

Voluntária em que? Ela cuidava de crianças em creches? De idosos? Fazia campanha de doações de agasalho como costumam fazer primeiras damas? Não.

Ela comandou o órgão responsável por coordenar a aplicação das verbas de publicidade do governo de Minas Gerais, conforme comprova esta reportagem do UOL.

Neste período:

- As rádios da família Neves receberam verba publicitária referentes a anúncios do governo Aécio. Apesar de insistentes pedidos, o governo de Minas não fornece os valores pagos às rádios. E o tucano, como um dos donos, não manda fazer um levantamento na contabilidade da empresa para dar respostas ao distinto público.

- Em 2004, as Agências de Publicidade SMPB e DNA de Marcos Valério receberam dinheiro de publicidade do governo Aécio:


http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0409200615.htm
Em discurso na Assembléia Legislativa de Minas Gerais, o deputado estadual Sávio Souza Cruz (PMDB) de oposição ao governo tucano de Minas, fez um discurso que no trecho dá sua visão da atuação de Andrea Neves no controle com mão de ferro da área de comunicação e propaganda:

http://www.jusbrasil.com.br/diarios/63146436/al-mg-18-12-2013-pg-89/pdfView
Como se vê não se trata de um trabalho voluntário filantrópico. Se trata de exercício de poder sobre o destino de verbas de publicidade e do relacionamento com a mídia e com agências.
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

CHARGE DO BESSINHA

Articulação Brasileira de Gays declara apoio a Dilma

     :
Articulação Brasileira de Gays (Artgay) declarou apoio à presidente Dilma Rousseff (PT) em documento publicado em sua página na internet; no texto, a entidade faz críticas ao candidato tucano Aécio Neves e diz que "durante os 8 anos que o PSDB esteve a frente do Governo Federal, não houve nenhuma política pública para LGBT"; sobre os governos petistas, a Artgay afirma que "há 12 anos, a comunidade LGBT passou a ser ouvida e reconhecida"; "Vimos a presidenta do Brasil falando na ONU a favor da criminalização da Homofobia", citou

247 - A Articulação Brasileira de Gays (Artgay) declarou apoio à presidente Dilma Rousseff (PT) em documento publicado em sua página na internet. No texto, a entidade faz críticas ao candidato tucano Aécio Neves e diz que "durante os 8 anos que o PSDB esteve a frente do Governo Federal, não houve nenhuma política pública para LGBT e a comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais".
Sobre os governos petistas, a Artgay afirma que "há 12 anos, a comunidade LGBT passou a ser ouvida e reconhecida". "Foi nesse período que foi implantado o Programa Brasil Sem Homofobia, instalou-se o Conselho Nacional LGBT, criou-se a Coordenadoria Geral LGBT, realizou duas conferencias nacionais LGBT e representantes das 10 maiores redes nacionais LGBT foram recebidas pela Presidenta Dilma no dia do Orgulho LGBT , em 28 de Junho de 2014. Durante o Governo Dilma vimos a implantação do Disque 100 – Módulo LGBT para receber denúncias de Homofobia e encaminhá-las para Centros de Referencia e autoridades locais. Observamos o nome social das Travestis e Transexuais ser respeitado nos Órgãos Federais e no SUS. Vimos a presidenta do Brasil falando na ONU a favor da criminalização da Homofobia", destaca o texto.
Abaixo o manifesto na íntegra:
ARTGAY apóia Dilma para o Brasil continuar mudando
A Articulação Brasileira de Gays – ARTGAY definiu seu apoio a presidenta Dilma Rousseff. O Apoio da ARTGAY à candidatura de Dilma Roussef decorre da comparação do modelo econômico, político, social e cultural propostos pelos dois candidatos e pelo apoio recebido por cada um.
De um lado temos Aécio Neves propondo o retorno do neoliberalismo e o conseqüente aumento do desemprego, venda de empresas estatais arrocho salarial, flexibilização de direitos trabalhistas, como única forma de controlar a inflação brasileira , além da formação de um governo que propõe o fechamento de Ministérios como a Secretaria de Direitos Humanos , Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial , de combate a fome entre outros. Aécio coloca em risco a sobrevivência de programas que beneficiam milhões de brasileiros e brasileiras de baixo poder aquisitivo, como Bolsa Família, Minha casa, Minha vida, Brasil sem Miséria, Prouni, Fies, Pronatec, Mais médicos , entre outros .
Durante os 8 anos que o PSDB esteve a frente do Governo Federal, não houve nenhuma política pública para LGBT e a comunidade de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT era invisível.
Os apoios de Homofobicos declarados como Bolsonaro, Feliciano, pastor Everaldo, Fidelix, Malafaia a Aécio Neves por si só demonstram o retrocesso que poderá ser para o Brasil ter no Poder este grupo da elite homofóbica no Poder Federal.
Ressaltamos ainda nossa preocupação com a criminalização da Homofobia. Durante a votação do projeto de lei 122 , toda a bancada do PSDB, PSC,PP , entre outros inclusive o vice de Aécio neves votou pelo enterro do projeto . Teremos um Congresso Nacional mais conservador , no próximo ano e por isso mesmo precisamos de uma Presidenta que vete artigos ou leis que tentem retirar direitos civis da comunidade LGBT e apóie ações e projetos de combate a discriminação, o ódio e o preconceito a LGBT.

Há 12 anos, a comunidade LGBT passou a ser ouvida e reconhecida no Governos Lula e Dilma. Foi nesse período que foi implantado o Programa Brasil Sem Homofobia, instalou-se o Conselho Nacional LGBT, criou-se a Coordenadoria Geral LGBT, realizou duas conferencias nacionais LGBT e representantes das 10 maiores redes nacionais LGBT foram recebidas pela Presidenta Dilma no dia do Orgulho LGBT , em 28 de Junho de 2014.
Durante o Governo Dilma vimos a implantação do Disque 100 – Módulo LGBT para receber denúncias de Homofobia e encaminhá-las para Centros de Referencia e autoridades locais . Observamos o nome social das Travestis e Transexuais ser respeitado nos Órgãos Federais e no SUS. Vimos a presidenta do Brasil falando na ONU a favor da criminalização da Homofobia. Também pudemos testemunhar a criação e implantação da Política Nacional da Saúde Integral da População LGBT e e comitês de assessoramento dessa política em 12 estados, a ampliação do serviço de atendimento a Travestis e Transexuais com mais quatro serviços credenciados pelo SUS , com forte impacto na vida, especialmente de Travestis e Transexuais que não tinham acesso ao Sistema Único de Saúde. Constatamos criação de normas para atendimento da população LGBT privada de liberdade, criando a possibilidade, pela primeira vez no Brasil, de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais optarem em cumprir suas penas em alas com pessoas da mesma orientação sexual ou identidade de gênero.,
.
A ARTGAY aponta como necessidade de do Brasil continuar avançando com as Políticas Sociais:
1 ) Grupo de Trabalho com Movimento LGBT e Ministérios para criação de um Plano Nacional de enfrentamento a Homofobia
2) Apoio ao PL N º 5002/13, que dispõe sobre o direito a identidade de gênero no Brasil e ao PL 7582/14 que tipifica os crimes de ódio e intolerância e cria mecanismos para coibir a homofobia.
3 ) Destinação de metas e recursos no PPA, LDO e Loas para o Sistema Nacional LGBT, Comitês de enfrentamento a Homofobia e campanhas para combate a Homofobia
3 ) Apoio e abertura de diálogo do Ministério da Saúde para Campanhas de Prevenção das DST, Aids, Hepatites, voltadas para a população –chave especialmente de Gays e Trans e a projetos de ONGs bem como garantia de acesso a novas tecnologias de prevenção .
4 ) Material de educação com vistas ao combate a homofobia em Universidades Públicas Federais e Institutos Federais de Educação. Apoio a políticas inovadoras que coíbam a discriminação e o preconceito a LGBT nas escolas do ensino fundamental e médio .
5 ) Premiação de ativistas e outros atores LGBT que lutem contra a homofobia no País,nas áreas de cultura, educação, saúde, direitos humanos e esportes.
6 ) Inclusão dos Gays todos os programas de saúde, especialmente no Saúde do Homem , Saúde Mental , Jovens e adolescentes e idosos e do trabalhador .
7 ) Realização da III e IV Conferencia Nacional LGBT, III e IV Seminário Nacional de Segurança Pública LGBT,
8 ) Apoio a participação de representação de LGBT em eventos internacionais de incidência política nos direitos humanos.
9 ) Apoio a realização de Paradas LGBT e, Dia de combate a Homofobia .
10 ) Simplificação de Prestação de Contas e acesso a editais para Micro ONG que tenham movimentação até 200 mil reais mês, especialmente de LGBT.
11) Inclusão de famílias de pessoas do mesmo sexo como prioridade de acesso nos programas sociais, especialmente Bolsa Família, Minhas Casa Minha Viva .
12 ) Reuniões ordinárias anuais entre a Presidenta do Brasil e representantes do movimento LGBT.
13 ) Priorização de Jovens e Negros LGBT nas ações permanentes de Trabalho, Renda, Educação, Esporte, Lazer, Cultura, Segurança e Direitos Humanos.
A ARTGAY reforça o chamado para que Gays de todo país se esforcem para impedir o avanço do conservadorismo, da homofobia e do ódio no nosso país , votando no dia 26 de Outubro em Dilma número 13 para Presidenta do Brasil.
Articulação Brasileira de Gays – ARTGAY

Câmara de Teresina aprova moção de repúdio contra FHC

:
Requerimento foi da vereadora Graça Amorim (PTB), que lamentou as declarações do ex-presidente sobre eleitores do PT serem "desinformados" e enumerou as obras que FHC deixou de concluir no Piauí; "Suas palavras deixam transparecer que ele gostaria que continuássemos sendo dominados pelos coronéis e emigrando em massa para o Sul e Sudeste em busca de emprego. Não, ex-presidente, agora nós podemos continuar nosso estado, pois foi nos dada oportunidades para ficar aqui", disse

16 outubro 2014

Pesquisa interna do PT indica virada de Dilma

Lula: quem não fez bafômetro pode governar?

Economistas divulgam manifesto em apoio a Dilma

15 outubro 2014

O QUE FHC DO PSDB DE AÉCIO ACHA DOS PROFESSORES

Ah! Sim! Se você é professor, Fernando Henrique Cardoso, também mandou um recado para a classe trabalhadora do ensino. Dessa vez no ano de 2001, em nova entrevistapara a Folha de São Paulo:“Para FHC, professor é 'coitado' que não conseguiu ser pesquisador” 

“Ao relatar sua experiência como professor no Instituto de Estudos Avançados de Princeton (EUA), FHC afirmou que os pesquisadores e bolsistas da universidade que não conseguiam produzir viravam professores.

"Se a pessoa não consegue produzir, coitado, vai ser professor.Então fica a angústia: se ele vai ter um nome na praça ou se ele vai dar aula a vida inteira e repetir o que os outros fazem", afirmou o presidente”
 Ai os leitores desse blog devem estar se perguntando; Mas quem foi arrogante, preconceituoso, foi o Fernando Henrique e não Aécio.

Não é bem assim; Se o candidato Aécio Neves não pensasse igual, não compactuasse com o que pensa o dono do partido FHC, que lançou sua candidatura a presidência, não estaria no mesmo partido. Mudava. Simples assim

Para está matéria não ficar longa demais, mostrarei em breve, o que mais os tucanos, encabeçados por Aécio  Neves e Fernando Henrique Cardoso, pensam de você, eleitor, cidadão brasileiro

Desafio

Quanto a Aécio, quero lançar um desafio para você leitores; Quais foram as obras importantes que o governador Aécio Neves fez em Minas Gerais?
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

Ator Danny Glover declara apoio a Dilma